Graduação Pós-Graduação Pesquisa Extensão Biblioteca Intercâmbios Comunicação A FFLCH  
Skip to Content

Imagem

Ficção e autobiografia

Subtítulo: 
Uma análise comparativa das narrativas de Thomas Bernhard
Autor(a): 
Patricia Miranda Dávalos
Área: 
LLA - Alemão
Ano: 
2012
Resumo / Abstract / Acta / Resumé / Riassunto
Resumo: 

 

A partir da comparação do primeiro volume autobiográfico do escritor austríaco Thomas Bernhard, Die Ursache. Eine Andeutung (1975), com o romance Auslöschung. Ein Zerfall (1986), o qual simula, de certo modo, o gênero autobiográfico, procura-se observar como os mesmos complexos temáticos são configurados nos dois casos e como as diferenças encontradas se relacionam com as diferentes intenções ligadas aos textos, bem como aos diferentes momentos de escrita. É possível notar como a ficção possibilita ao autor mais liberdade para experimentar formalmente, bem como para intensificar o ataque desenvolvido contra suas origens, ao passo que na autobiografia, apesar de também apresentar um viés crítico acentuado, o fazer de forma mais sóbria, ocupando-se com questões de verossimilhança e autenticidade próprias do gênero. Além disso, este trabalho tenta mostrar como a ficção, surgida na mesma época da autobiografia, pode ser lida como uma espécie de comentário a esta.

Abstract: 

 

This work deals with the comparison of the first autobiographical volume of the Austrian writer Thomas Bernhard, Die Ursache. Eine Andeutung (1975), with his novel Auslöschung.
Ein Zerfall (1986), which has some characteristics of the autobiographical genre. The comparison intends to show how the same themes are configured in both cases and how the differences can be related to the different intentions and different moments of writing. Being noted as fiction allows the author more freedom to experiment formally and to intensify the attack he developed against his origins, while in the autobiography, although it also has a strong critical aspect, he puts his arguments in a restrained way, dealing with issues of verisimilitude and authenticity, which are typical for this genre. Furthermore, this text will try to analyse how the novel, written in the same context as the autobiography, completes it and functions like a kind of remark to the autobiographical work.

Acta: 

Resume: 

Riassunto: 

AnexoTamanho
Completo.pdf1.35 MB