Graduação Pós-Graduação Pesquisa Extensão Biblioteca Intercâmbios Comunicação A FFLCH  
Skip to Content

Imagem

Cinturão Paulistano

Subtítulo: 
Economia e demografia nas vizinhanças da capital de São Paulo (c. 1798 – c. 1830)
Autor(a): 
Déborah Oliveira Martins dos Reis
Área: 
História Econômica
Ano: 
2010
Resumo / Abstract / Acta / Resumé / Riassunto
Resumo: 

Desde que se iniciaram no Brasil há cerca de quatro décadas, os estudos dedicados à demografia histórica, mormente caracterizados por trabalhos monográficos, têm avançado de maneira significativa em seus aspectos quantitativos e qualitativos, especialmente no que tange à interdisciplinaridade. Paralelamente à continuidade desses estudos, o trabalho desenvolvido nessa tese analisa o processo de ocupação agrícola e o evolver demográfico-econômico das localidades paulistas de Jundiaí, Atibaia, Bragança Paulista, Nazaré, Jacareí e Mogi das Cruzes, que compunham o que denominamos de cinturão paulistano, contempladas para o período c.1798 a c.1830. O caminho seguido em nosso trabalho envolveu a busca de padrões e regularidades para referidas localidades, área que ao longo de todo o período estudado esteve vinculada à produção de gêneros de subsistência, em maior ou menor intensidade distanciando-as em alguns de seus caracteres, mas as aproximando em outros, levando aos padrões encontrados para as características demográficas de sua população, para a produção levada a cabo e para as estruturas fundiárias ali existentes

Abstract: 

Since it began in Brazil almost four decades ago, studies devoted to historical demographics, especially characterized by monographs, have advanced significantly in their quantitative and qualitative aspects, especially with respect to the interdisciplinarity. Parallel to the continuity of such work, we analyze the process of agricultural occupation and the demographic-economic development in São Paulo sites of Jundiaí, Atibaia, Bragança Paulista, Nazaré, Jacareí and Mogi das Cruzes, who comprised what we call "paulistano belt", referred to the period c.1798 to c.1830. We search for patterns and regularities to those localities, area that throughout the period studied was linked to the production of genres of subsistence, to a greater or lesser intensity - distancing them in some of their characters, but approaching them in other ones, leading to the patterns found for the demographic characteristics of its population, to the production carried out and to the land use structure existing there

AnexoTamanho
cinturao_paulistano.pdf5.9 MB