Graduação Pós-Graduação Pesquisa Extensão Biblioteca Intercâmbios Comunicação A FFLCH  
Skip to Content

Imagem

As representações dos japoneses nos textos modernistas brasileiros

Subtítulo: 
Mário de Andrade, Oswald de Andrade e Juó Bananére
Autor(a): 
Shirlei Lica Ichisato Hashimoto
Orientador(a): 
Prof. Dr. João Adolfo Hansen
Área: 
Literatura Brasileira
Ano: 
2012
Resumo / Abstract / Acta / Resumé / Riassunto
Resumo: 

As representações dos japoneses nos textos modernistas brasileiros: Mário de Andrade, Oswald de Andrade e Juó Bananére tem como objetivo estudar textos escritos por brasileiros que tomam o Japão por tema e textos produzidos por japoneses e nipo-brasileiros que escrevem sobre sua experiência individual e coletiva com o Brasil, principalmente textos de memória autobiográfica e coletiva que contemplam os pontos de vista da sua adaptação ao presente brasileiro. Prevê, entre outros procedimentos, especificar os modos japoneses de definir categorias como escrita, ficção, arte, tempo, sociedade, pessoa, memória, família, hierarquia, trabalho, sexualidade, moral, honra, obediência etc., considerando as diferentes formas culturais como homens e mulheres de origem japonesa – com os valores herdados e fortemente formalizados do shinto, do budismo, da família e da honra – definiram e orientaram o sentido da experiência no presente brasileiro de sua adaptação a uma cultura constituída por outras tradições, como a religião católica, a miscigenação racial e cultural, a moral patriarcal, a língua portuguesa etc.

Abstract: 

The representation of the Japanese in Brazilian modernist texts: Mário de Andrade, Oswald de Andrade and Juó Bananére aims at studying texts written by Brazilian authors that have Japan as a theme and texts written by Japanese and Japanese-Brazilians about their individual and collective experiences with Brazil, mainly individual and collective autobiographical texts that show viewpoints related to their adaptation to the Brazilian environment. This thesis intends to, among other procedures, specify the Japanese ways of defining categories such as writing, fiction, art, time, society, person, memory, family, hierarchy, work, morality, honor, obedience etc., taking into account the different cultural manners in which men and women of Japanese ethnicity - with inherited values of shinto, Buddhism, family and honor, and strongly shaped by these - defined and directed the meaning of their experience in Brazil at the time of their adaptation to a culture built on other traditions such as Catholicism, cultural and racial mixture, patriarchal morality, the Portuguese language etc.

AnexoTamanho
Shirlei Lica I Hashimoto.pdf5.58 MB