Graduação Pós-Graduação Pesquisa Extensão Biblioteca Intercâmbios Comunicação A FFLCH  
Skip to Content

Imagem

Entre Tradições Orais e Registros da Oralidade Indígena

Autor(a): 
Eva Gutjahr
Área: 
Antropologia Social
Ano: 
2010
Resumo / Abstract / Acta / Resumé / Riassunto
Resumo: 

ESTA PESQUISA SE INTERROGA SOBRE ARTICULAÇÕES ENTRE CARACTERÍSTICAS PRÓPRIAS A TRADIÇÕES ORAIS E EXPERIÊNCIAS DE REGISTRO DE ENUNCIADOS ORAIS INDÍGENAS A PARTIR DE DOIS ‘CASOS’, DE ESCALAS DISTINTAS: XAVANTE, HABITANDO A ALDEIA DE PIMENTEL BARBOSA NO BRASIL CENTRAL, E KANAK, HABITANDO AS ILHAS DA NOVA CALEDÔNIA NA MELANÉSIA. INTERNAMENTE A CADA ‘CASO’, PROPUS O ESTABELECIMENTO DE ‘RELAÇÕES’ OU ‘RIZOMAS’ DE MODO A IDENTIFICAR ‘EFEITOS’ QUE EXPERIÊNCIAS E PRODUTOS DE REGISTRO DE ENUNCIADOS ORAIS PRODUZIRAM JUNTO A SEUS ATORES, EFEITOS ESTE QUE QUALIFICO COMO DE ‘PROLIFERAÇÃO’, ‘RECHAÇO’, OU ‘DESCASO’. AO PAUTAR MINHA ANÁLISE NOS MODOS DE INTERAÇÃO MEDIADOS ATRAVÉS DO DISCURSO SEGUNDO MODALIDADES CONSIDERADAS ADEQUADAS POR AQUELAS POPULAÇÕES EM CONTEXTOS ESPECÍFICOS, BUSQUEI REFLETIR ACERCA DOS MODOS COMO VÊM ASSUMIR SUA ‘TRADIÇÃO ENUNCIADA’ EM SITUAÇÕES DE OFICIALIZAÇÃO E INSTITUCIONALIZAÇÃO DE ‘PATRIMÔNIOS’ E ‘IDENTIDADES’, ASSIM COMO IDENTIFICAR MODOS COM ‘REGISTROS’ SÃO EMPREGADOS POR TAIS POPULAÇÕES SEGUNDO FORMAS DE CRIATIVIDADE PRÓPRIAS E INOVADORAS. MEU OBJETIVO FOI UMA REFLEXÃO CRÍTICA, A PARTIR DE DOIS CASOS TORNADOS AQUI ‘COMPARÁVEIS’, CONCERNINDO AS ATUAIS POLÍTICAS DO ‘PATRIMÔNIO IMATERIAL’ PAUTADAS EM AÇÕES DE VALORIZAÇÃO E SALVAGUARDA DE ‘TRADIÇÕES ORAIS’ DE POPULAÇÕES INDÍGENAS.

 

Abstract: 

"THIS STUDY FOCUS ON THE RELATIONSHIPS BETWEEN ORAL TRADITIONS, AND PRODUCTS AND EVENTS RELATED TO THE DOCUMENTATION OF INDIGENOUS ORAL SAYINGS FROM THE STARTING POINT OF TWO ‘CASE-STUDIES’ OF DIFFERENT SCALES: XAVANTE, FROM THE PIMENTEL BARBOSA VILLAGE IN CENTRAL BRAZIL, AND KANAK, FROM THE ISLANDS OF NEW CALEDONIA, IN MELANESIA. FOR EACH OF THIS ‘CASES’ I INTENDED THE SEARCH FOR RELATIONS OR ‘RHIZOMES’, IN ORDER TO IDENTIFY EFFECTS THAT DOCUMENTATION OF ORAL STATEMENTS, NARRATIVES AND SAYINGS PRODUCED IN THE POINT OF VIEW OF THEIR VERY ACTORS. I CALL SUCH EFFECTS ‘PROLIFERATION’, ‘RESISTANCE’ OR ‘INDIFFERENCE’. BASING MY ANALYSIS IN EXPRESSIVE AND DISCOURSE-MEDIATED INTERACTION AS CONSIDERED ADEQUATE BY THESE POPULATIONS IN SPECIFIC CONTEXTS, I WISHED TO REFLECT ON “TRADITIONS AS ANNOUNCED”, IN SITUATIONS THAT DEMAND THE INSTITUTIONALIZATION OF ‘PATRIMONIES’  AND ‘IDENTITIES’, AS WELL AS IDENTIFY WAYS THAT DOCUMENTATION PRACTICES AND PRODUCTS ARE INVESTED BY THESE PEOPLE ACCORDING TO THEIR OWN DYNAMIC FORMS OF CREATIVITY AND INNOVATION. MY OBJECTIVE WAS TO ESTABLISH, THROUGH MAKING THESE TWO CASES ‘COMPARABLES’, A CRITICAL REFLECTION ON THE CONTEMPORARY ‘INTANGIBLE CULTURAL HERITAGE’ POLICIES BASED ON THE SAFEGUARDING OF ‘ORAL TRADITIONS’ AND ‘EXPRESSIONS’ OF INDIGENOUS PEOPLE."

AnexoTamanho
Entre Tradições Orais e Registros da Oralidade Indígena1.24 MB