Graduação Pós-Graduação Pesquisa Extensão Biblioteca Intercâmbios Comunicação A FFLCH  
Skip to Content

Imagem

O Tonel das danaides

Subtítulo: 
Um estudo sobre o debate do meio circulante no Brasil entre os anos de 1850 a 1866 nas principais instâncias decisórias
Autor(a): 
Hernán Enrique Lara Sáez
Área: 
História Econômica
Ano: 
2013
Resumo / Abstract / Acta / Resumé / Riassunto
Resumo: 

Uma das preocupações fundamentais desta pesquisa foi acompanhar e entender o processo decisório em torno das políticas econômicas que, ao contrário do que muitas vezes se alegou, demonstrou ter uma importância central no Estado brasileiro, em meados do século XIX. A análise dos discursos políticos sobre a moeda e o sistema bancário foi utilizada como ferramentas que ajudassem a entender melhor os consensos temporários sobre as questões econômicas e as posições políticas da elite política imperial. O estudo revelou que as inversões de rumo adotadas pelos parlamentares brasileiros não estavam relacionadas apenas com transformações estruturais centradas nos partidos políticos, o que revelou um quadro mais complexo e dinâmico tanto no campo político, quanto no econômico, do que se costuma supor. Pelo acompanhamento dos debates depreende-se que os projetos saneadores da moeda adotados pela elite política foram sinceros, o que significa dizer que ao enfrentar os problemas econômicos os representantes da nação utilizaram seus conhecimentos para encontrar soluções viáveis aos obstáculos que se apresentavam, nem sempre sendo bem-sucedidos nos resultados obtidos. Portanto, ressaltei que se tratava também de uma história de anseios e frustrações, readequações e sucessos, mas, acima de tudo, das transformações de conceitos econômicos que foram refinados, de posições políticas alternadas e de projetos paulatinamente adaptados. 

Abstract: 

One of the main concerns of this research was to follow and understand the decision-making process surrounding the economic policies that, contrary to what is often claimed, demonstrated a central role in the Brazilian State in the mid-nineteenth century. The analysis of political speeches on the currency and the banking system has been used as tools to help better understand the temporary consensus on economic issues and the political elite of imperial policy. The study revealed that the reversals of direction taken by Brazilian legislators were not only related to structural transformations centered on political parties, which revealed a more complex and dynamic both in the political field and on the economic, than is commonly supposed. By tracking the discussions it appears that projects correctives currency adopted by the political elite were sincere, which means that the economic problems facing the nation's representatives used their expertise to find viable solutions to the obstacles that presented themselves, not always being successful the results. So I pointed out that it was also a story of longing and frustrations, and successes, adjustments, but, above all, the transformations of economic concepts that have been refined, political positions and alternate projects gradually adapted.

O fragmento romântico em O poema do frade

Autor(a): 
Manuella Miki Souza Araujo
Área: 
Literatura Brasileira
Ano: 
2014
Resumo / Abstract / Acta / Resumé / Riassunto
Resumo: 

A presente dissertação propõe examinar os traços de inacabamento na poética de Álvares de Azevedo e abordá-los segundo os fundamentos teóricos do gênero  fragmento. O poema do frade, objeto deste estudo, é uma composição narrativa muitas vezes relegada a uma posição secundária na fortuna crítica do poeta Álvares de Azevedo; esta apreciação negativa deriva, justamente, de seu estilo irregular e digressivo, encarado como defeituoso. O poema do frade é fortemente marcado pela mediação de um narrador irônico, inclinado ao discurso devaneante, pouco linear e repleto de discussões metapoéticas. No poema, a multiplicidade de assuntos, aparentemente descontínuos, é unificada na tematização de um grande debate estético acerca da impossibilidade da epopeia na modernidade. Diante disto, O poema do frade dialoga com o polêmico projeto de composição de uma grandiosa narrativa épica no Brasil oitocentista, patrocinado pela política imperial local e alimentado, em especial, pelos poetas ligados ao grupo indianista. Ao problematizar a viabilidade da epopeia em seu tempo, Álvares de Azevedo realiza uma revisão da tradição poética neoclássica bem como de sua própria poética, colocando em prática o princípio romântico de aproximação dos campos da crítica e da poesia, ou, em outras palavras, de assimilação da reflexão crítica no interior da própria obra de arte.  

Abstract: 

This dissertation aims at examining the unfinished traits in the poetry of Álvares de Azevedo, and approaching them using the theoretical fundaments of the genre “fragment”. The object of this study, O poema do frade, is a narrative composing which is constantly relegated to a secondary position in the poet’s critical fortune. This negative appreciation derives exactly from his digressive and irregular style, often seen as defective. O poema do frade is strongly characterized by the mediation of an ironic narrator, inclined to a rambling discourse, often nonlinear, and full of meta-poetic discussion. In the poem, the multiplicity of matters, apparently discontinuous, is unified in the thematization of a great aesthetic debate about the impossibility of an epic in the modernity. From this perspective, O poema do frade dialogues with the controversial project of composing an epic narrative in nineteenth-century Brazil, sponsored by the local imperial politics, and specially fed by the poets connected to the indianist movement. By questioning the epic feasibility in his time, Álvares de Azevedo performs a review of the neoclassical poetic tradition, as well as his own, applying the romantic principle of closing in the criticism and the poetry fields, or in other words, absorbing the critical reflection inside the work of art.

Império da lei

Subtítulo: 
Um estudo de sociologia do direito e da violência
Autor(a): 
André Augusto Inoue Oda
Área: 
Sociologia
Ano: 
2013
Resumo / Abstract / Acta / Resumé / Riassunto
Resumo: 

Nessa pesquisa, realizo uma análise sociológica sobre o conceito de estado de direito e mostro as implicações da adoção desse conceito para a formação de uma visão própria do mundo social. Mostro que, se observarmos o estado de direito como uma construção coletiva operada no campo maior do poder, e não como uma formulação doutrinária gerada apenas no universo acadêmico das faculdades de direito, o estado de direito portará muitos significados diferentes, ambíguos e mesmo contraditórios. Mas será precisamente por essas qualidades que serão tão decisivos para a manutenção de uma identidade do poder estatal sob seu emblema. Para compreender o processo histórico através do qual o signo do estado de direito encontra sua supremacia, realizei uma sociologia histórica sobre a ascensão global das elites jurídicas no campo do poder em meio ao processo de decadência do regime militar e a concomitante redemocratização dos anos 1990. Para compreender a ampla gama de significados do estado de direito, decorrentes do caráter coletivo de sua formação, analisei um conjunto extenso de artigos de opinião sobre criminalidade, violência de estado e segurança pública publicados no principal jornal impresso brasileiro desde aquela época, a Folha de S. Paulo. Esses artigos foram escritos por uma variedade expressiva de representantes de elites de diferentes campos sociais, mas prevalentemente por sujeitos com formação acadêmica em direito. Ao reconhecer algumas estruturas compartilhadas entre a maior parte dos debatedores na formação de seus argumentos e discursos, a despeito de tantas diferenças aparentes entre suas perspectivas políticas, busquei os elementos estruturantes de uma teorização própria do social na perspecti­ va juridicista. 

Abstract: 

In this research, I perform a sociological analysis of the concept of rule of law and demonstrate the implications of this concept in the formation of a particular vision of the social universe. I demonstrate that, if we focus on its construction as a collective one, operated at the major field of power – more than a doctrinaire formula generated mainly inside the academic universe of the law universities – the rule of law will hold many different, ambiguous and even contradictory meanings. But it is precisely because of this quality that it will be decisive for the conservation of a state power identity under its emblem. To understand the historical process through which the rule of law symbol reaches its supremacy, it was necessary to perform a his­ torical sociology on the global ascension of legal elites in the field of state power, at the histori­ cal process of decay of the military regime and further redemocratization at the 1990s. To un­ derstand the amplitude of meanings of the rule of law that stems from its collective character, I’ve analyzed an extent ensemble of articles published on the most important brazillian newspa­ per since that time, the daily Folha de S. Paulo. Those articles were written by an expressive variety of elite members from different fields, but most prevailingly individuals with a law for­ mation. As I recognized some structures shared by most of those who appear at these debates, despite of apparently different political perspectives, I sought the structurant elements of a theo­ rization of society under this juridicist perspective. 

O discurso da memória

Subtítulo: 
Entre o sensível e o inteligível
Autor(a): 
Mariana Luz Pessoa de Barros
Área: 
Linguística
Ano: 
2012
Resumo / Abstract / Acta / Resumé / Riassunto
Resumo: 

Com base na teoria semiótica greimasiana e em seus desdobramentos na gramática tensiva, são analisados diferentes gêneros autobiográficos produzidos no Brasil, como a autobiografia literária em prosa, os poemas de caráter autobiográfico e os memoriais acadêmicos. Um dos objetivos deste trabalho é examinar a construção desses gêneros em relação com as esferas da comunicação de que participam: a esfera literária e a esfera acadêmica. Além disso, são analisadas as formas de adesão do enunciatário aos discursos, uma vez que, em cada gênero e mesmo em cada texto, o enunciador, ao apresentar retrospectivamente a sua vida, regulamenta de forma singular a entrada de grandezas no campo de presença do enunciatário. A análise do corpus permite propor duas formas discursivas de memória como categoria analítica dos discursos autobiográficos: a memória do acontecido e a memória-acontecimento. Mais da ordem do inteligível, a primeira manipula o enunciatário por meio de estratégias que privilegiam a legibilidade do texto, enquanto a segunda promove uma experiência, predominantemente, sensível. Os diversos gêneros que compõem o corpus desta pesquisa tendem a favorecer uma combinação específica entre essas duas formas da memória. Isso possibilita que eles sejam organizados num gradiente, que tem num dos extremos os memoriais acadêmicos e, no outro, os poemas de caráter autobiográfico. As autobiografias literárias em prosa se encontram entre as duas pontas, ora tendendo para um, ora para outro extremo.

Abstract: 

Based on the French Semiotics theory and its segments in the tensive Grammar, this study analyses different sorts of autobiographical genres written in Brazil, such as the literary autobiographies in prose, autobiographical poems and academic autobiographies. One of the aims of this study is to examine the building up process of these genres and how they relate with the communication spheres they participate in: the literary sphere and the academic sphere. Moreover, as the enunciator uniquely regulates the introduction of objects in the enunciatee’s presence field while recollecting past moments of his life, this study also analyses the different ways how the enunciatee adheres to the discourses in each genre and even in each text. The analysis of the corpus allows this study to propose two discursive types of memory as an analytical category: the memory of past event and the event memory. Being more intelligible, the former captures the enunciatee through strategies which highlight the legibility of the text, whereas the latter promotes an essentially sensitive experience. The different genres which compose the corpus of this research contribute to a particular combination between these two types of memory. Such combination leads to the organization of the autobiographical genres in a gradient which presents the academic autobiographies at one end and the autobiographical poems at the other. The literary autobiographies in prose lie between both ends, tending alternatively to one or another end.

O licenciamento do sujeito nulo em orações subjuntivas no português brasileiro

Subtítulo: 
Contribuições para a Teoria de Controle por Movimento
Autor(a): 
Maria Carolina Petersen
Área: 
Linguística
Ano: 
2012
Resumo / Abstract / Acta / Resumé / Riassunto
Resumo: 

Dentro dos estudos gerativos, é de consenso geral que o português brasileiro (PB) não se conforma à descrição de línguas conhecidas como tipicamente pro-drop, (Figueiredo Silva 1996, Kato 1999, Kato e Negrão 2000, entre outros). Ferreira (2000, 2009), Rodrigues (2004) argumentam que o sujeito nulo referencial do PB é uma cópia apagada resultante do movimento de um sintagma que originalmente ocupava esta posição, nos termos da Teoria de Controle por Movimento (Hornstein (2001)), e por isso o sujeito nulo mostra os diagnósticos de controle obrigatório (CO). Essa dissertação tem como objetivo principal investigar as restrições ao licenciamento e interpretação do sujeito nulo em orações subjuntivas do português brasileiro. Ao analisar o contraste no licenciamento de sujeito nulo em complementos subjuntivos do PB, tratamos também de contextos que apresentam obviação pronominal, típica de complementos subjuntivos nas línguas românicas (e eslavas).

A presente dissertação identifica e discute três tipos distintos de complementos subjuntivos, que se agrupam da seguinte forma: os Subjuntivos-L(ivres) e Subjuntivo-A(dverbiais), que permitem sujeitos nulos de CO, mas não impõem obviação a um pronome aberto; eles se mostram independentes quanto à oração matriz e se comportam como indicativos nos aspectos relevantes testados. Os Subjuntivos-R(estritos) mostram propriedades opostas, já que esse contexto impõe obviação e é exclusivo em não licenciar CO no PB; os Subjuntivos-R mostram dependência quanto à oração matriz e se comportam como infinitivos nos aspectos relevantes.

Para dar conta dos contrastes, adotamos a reinterpretação dos princípios A e B em termos de economia derivacional (Hornstein 2001, 2007), em que a possibilidade de uma derivação utilizar apenas movimento bloqueia, na mesma estrutura sintática, o uso de pronomes ligado. É então proposto que subjuntivos-R competem com complementos infinitivos, por serem domínios temporais defectivos. A obviação pronominal e a ausência de CO em Subjuntivos-R é uma consequência direta dessa competição. No quadro do Programa Minimalista (Chomsky 1995, 2001, 2008), nós propomos que esses complementos não apresentam traço sintático de Tempo valorado e precisam concordar com a oração matriz para receber o valor de tempo adequado. Isso explica o comportamento temporal defectivo desse domínio, bem como suas propriedades de fase fraca (Chomsky 2001, 2008). A possibilidade de movimento do sujeito depende da numeração inicial de cada derivação, que leva a diferentes resultados: quando há um DP para sujeito na numeração, o sujeito DP não recebe Caso e se move para oração matriz, gerando uma estrutura de CO com morfologia default de infinitivo. A valoração de Tempo se dá no componente coberto. Já quando há mais de um DP para as posições de sujeito, C –T da oração subordinada deve ser valorado no componente sintático, como mecanismo mais custoso para salvar a derivação. Assim, haverá a atribuição de Caso para o sujeito encaixado e a morfologia de subjuntivo como resultado. Essa dissertação discute vantagens de se adotar essa análise para os efeitos de obviação, bem como evidências adicionais de que ela pode estar no caminho correto.

Abstract: 

Within the Generative framework, it is a consensus that Brazilian Portuguese (BP) does not conform to the description of typical pro-drop languages (Figueiredo Silva 1996, Kato 1999, Kato and Negrão 2000, among others).  Based on Hornstein’s (2001) Movement Theory of Control, referential null subjects in BP have been analyzed as traces (deleted copies) of A-movement (Ferreira 2000, 2009, Rodrigues 2004) and therefore they show all the diagnoses of obligatory control (OC). This thesis aims to investigate the restrictions on the licensing and interpretation of null subjects in subjunctive clauses in BP. By examining the contrast on the licensing of null subjects in subjunctive complements of PB, we also dealt with pronominal obviation effects, typical of subjunctive complements of volitional predicates in BP (and many other Romance and Slavic languages). In this thesis, we will propose that Tense defectiveness is responsible for both obviation and lack of OC in certain Subjunctive clauses.

This thesis discusses three distinct types of subjunctive complements, which are grouped as follows: the Free-Subjunctives and Adverb-Subjunctives, which allow OC null subjects, but do not impose obviation to an overt pronoun. They show syntactic independence with respect to the main clause and behave as indicatives in all relevant aspects. In contrast, the Restricted-Subjunctives show exactly the opposite pattern:  this context is exceptional in not licensing OC in BP and triggers obviation effects. Additionally, Restricted-Subjunctives are dependent on the main clause and behave as infinitives in all the aspects tested here.

Here I follow Hornstein’s (2007, 2010) approach to Principle A and B. In his terms, pronouns and reflexives are by-products of grammatical operations and are semantically inert. Movement is more economical than pronominalization and so trumps the application of the latter where Move suffices for convergence. More generally, just as Merge is cheaper than Move, so Move (and Reflexivization, in the guise of Move) is cheaper than Construe (in the guise of Pronominalziation).  In this perspective, obviation is a consequence of economy of derivations. We argue that BP facts provide empirical evidence for the idea that obviative subjunctives are underlying infinitives, for they derivationally compete.

Assuming Minimalist Program framework (Chomsky 1995, 2001, 2008), we propose that such complements do not have a syntactic Tense feature valued and must agree with the matrix clause, which explains their temporal defectiveness, and their weak Phase behavior (Chomsky 2001, 2008). The unvalued embedded C-T in the relevant step of the derivation is not allowed to Case mark its subject, being a defective probe (Chomsky 2001), which allows the DP to move to the matrix clause for Case requirements. Thus, the movement alternative is the only convergent result starting from a numeration with a single DP for the subject positions and it surfaces as an infinitive. The same considerations apply to derivations with two distinct DPs for  subject positions, the only difference being that after getting valued by the matrix clause in the syntactic component, the embedded C-T can value the Case of its subject, which leads to a nominative embedded subject and subjunctive morphology on the verb. The thesis discusses some advantages on adopting this analysis to obviation effects in Romance.

Uma análise semântica para verbos aspectuais em português brasileiro

Autor(a): 
Roberlei Alves Bertucci
Área: 
Linguística
Ano: 
2012
Resumo / Abstract / Acta / Resumé / Riassunto
Resumo: 

Esta tese investiga a contribuição semântica dos verbos aspectuais acabar, começar, continuar, deixar, parar, passar, voltar e terminar em português brasileiro. O objetivo geral é contribuir para a análise sobre aspecto e sobre verbos aspectuais em PB e nas línguas naturais em geral, utilizando a Semântica Formal como modelo de análise. Este trabalho defende que os verbos aspectuais são modificadores de eventualidades e por isso contribuem para a expressão do aspecto lexical (Aktionsart), seguindo trabalhos anteriores, como os de Oliveira et al. (2001) e de Laca (2002; 2004; 2005). Ele assume que os verbos aqui estudados se comportam de forma diferente dos verbos de aspecto gramatical como estar e ir, tendo inclusive uma posição diferente na estrutura sintática. Como os verbos aspectuais se relacionam com o aspecto lexical, este trabalho também investiga as propriedades do aspecto lexical presentes no predicado selecionado por um verbo aspectual. Para a seleção dos verbos aspectuais, as propriedades relevantes se encontram no nível do sintagma verbal (VP) e são dadas composicionalmente. Por isso, constituintes como o objeto direto podem alterá-las, permitindo (ou restringindo) a seleção do VP em questão por parte do verbo aspectual. A tese aqui defendida é a de que cada verbo aspectual seleciona seus complementos a partir de propriedades específicas presentes no VP e que estão ligadas à semântica do verbo aspectual em questão. Dessa forma, esta pesquisa defende que as restrições de seleção de cada verbo aspectual podem ser acessadas na entrada lexical do verbo aspectual, sendo possível explicar a seleção de complementos feita por esses verbos. Além disso, defendemos a tese de que a entrada lexical pode apresentar a diferença entre verbos como começar e passar, nas perífrases começar a+infinitivo e passar a +infinitivo, por exemplo. 

Abstract: 

This thesis investigates the semantic contribution of the following aspectual verbs: começar ‘begin’, continuar ‘continue’, deixar ‘quit’, parar ‘stop’, passar ‘pass’, voltar ‘resume’, and acabar/terminar ‘finish’, in Brazilian Portuguese (BrP). The main goal is to contribute to the discussion about aspect and aspectual verbs in BrP and in natural languages in general, within a Formal Semantics approach. This work treats aspectual verbs as eventuality modifiers, and, consequently, it defends that they contribute to express lexical aspect (Aktionsart) – or situation aspect (Smith 1997) – in accordance with previous works such as Oliveira et al. (2001) and Laca (2002; 2004; 2005). This thesis also proposes that these verbs under discussion behave differently from verbs which contribute to express grammatical aspect ­– or viewpoint aspect (Smith 1997) – such as estar ‘be’, in the progressive aspect, and ir ‘go’, in the prospective aspect, also assuming that they have different positions in the syntactic structure. Since aspectual verbs are related to lexical aspect, the present research also analyzes lexical aspect features in the predicate which is selected for these verbs. Relevant features for this selection are located in the verbal phrase level (VP) and are given compositionally. Thus, phrases such as the direct object are able to change them, allowing (or not) that an aspectual verb select this VP. This work defends the hypothesis that each aspectual verb selects their complements based on specific features found in the VP, and that these features are linked to the semantics of this aspectual verb. Then, this research defends the idea that the selection constraints of each aspectual verb can be observed in its lexical entry, which explains the selection made by these verbs. Furthermore, we defend the idea that we can verify differences between semantically similar verbs like começar and passar, in their periphrastic construction, from differences found in their lexical entries.

Helena de Eurípides: estudo e tradução

Autor(a): 
Clara Lacerda Crepaldi
Área: 
Letras Clássicas
Ano: 
2013
Resumo / Abstract / Acta / Resumé / Riassunto
Resumo: 

Esta dissertação tem como objeto de estudo a tragédia Helena de Eurípides e sua reinterpretação do mito de Helena. Para tanto, está dividida em duas partes, sendo a primeira um estudo e a segunda uma tradução completa da tragédia em versos. O estudo tem dois capítulos: o primeiro aborda o problema do gênero dramático da peça e alguns aspectos de sua encenação; e o segundo discute imagens tradicionais do mito de Homero a Eurípides, enfatizando a síntese da composição euripideana.

Abstract: 

This thesis focuses on the tragedy Helen by Euripides and its reinterpretation of the Helen myth. It is divided in two parts. The first one contains a study and the second offers a complete verse translation of the tragedy. The study presents two chapters. The first deals with the problem of Helen’s dramatic genre and some aspects of its staging. The second discusses traditional images of the myth from Homer to Euripides, emphasizing the synthesis of the Euripidean composition.

Construir a delinquência, articular a criminalidade

Subtítulo: 
Um estudo sobre a gestão dos ilegalismos na cidade de São Paulo
Autor(a): 
Alessandra Teixeira
Área: 
Sociologia
Ano: 
2012
Resumo / Abstract / Acta / Resumé / Riassunto
Resumo: 

O objeto deste estudo situa-se no campo poroso das práticas ilícitas e sua repressão, no contexto da cidade de São Paulo, a partir da década de 30 do século XX. Através da categoria de análise ilegalismo e sua gestão diferenciada, investigou-se de que maneira práticas de controle social remotas e prolongadas, marcadas pelo arbítrio policial e pela desativação seletiva da lei, como as detenções correcionais, conectaram-se a economias criminais urbanas que, até meados da década de 60, se estabeleceram sobretudo em torno da prostituição, bem como estiveram implicadas em seu declínio. As detenções correcionais, enquanto modos de se imiscuir nas atividades criminais pelas forças policiais, associadas ainda a padrões exagerados de violência institucional, se revelaram cruciais à emergência da delinquência urbana, na década de 70, como fenômeno atinente à criminalidade patrimonial de massa, difusa, de rua. Já nos anos 90, a consolidação de uma nova economia criminal urbana, o comércio varejista de drogas ilícitas, ao lado do intenso recrutamento daquela criminalidade avulsa e patrimonial à prisão, contribuiu à emergência de um fenômeno atribuído neste trabalho como articulação da criminalidade, para o qual, uma vez mais, a gestão dos ilegalismos, em uma renovada versão, desempenha um papel central. Por último, a fim de retratar a dinâmica mais atual da gestão do crime ordinário na cidade, este estudo analisou dados estatísticos sobre as prisões em flagrante na cidade, na tentativa de estabelecer uma espécie de cartografia do crime urbano e sua gestão. Ainda nessa perspectiva, buscou-se recompor, a partir das trajetórias de adolescentes envolvidos na base da estratificação social do crime, do articulado e disciplinar tráfico de drogas ao avulso e violento roubo, as lógicas acionadas à manutenção e reprodução dos mercados criminais urbanos, os renovados papéis desempenhados na trama dos ilegalismos, anunciando-se, por derradeiro, mudanças na divisão do trabalho policial que tendem a acentuar a militarização como princípio organizador não apenas da gestão desses ilegalismos, mas das formas mais contemporâneas de governamentalidade.

Abstract: 

The object of this study is located in the fluid field of the illicit acts and their repression, in the context of São Paulo City, starting at the years 30 of the Twentieth Century. Through the illegalism analysis category and its distinguished management, the investigation was focused on how remote and long lasting social control practices, marked by Police discretion and by the selective desactivation of the Law, as in corrective arrests, got linked to the urban criminal economies, which up to the middle of the sixties established themselves  mostly around prostitution, as well as took part on its decline. The corrective arrests, as ways of intervenience of the Police force on criminal activities, associated with exaggerated patterns of institutional violence, showed themselves crutial to the rising of urban delinquency in the seventies, as an event related to the patrimonial mass criminality, diffuse, street type. As for the nineties, the consolidation of a new urban crime economy, the retail commerce of illicit drugs, together with the intense recruiting of that isolated and patrimonial criminality to jail, has contributed to the surge of a phenomenon qualified in this work as articulation of the criminality, for which, once more, the management of the illegalism, in a new version, performs a main role. Last, in order to focus the most recent dynamics of common crime management in the city, this study analyzed statistic data on prisons in the very act, in the city, in an attempt to establish a certain cartography of the urban crime and its management. Still under this perspective, it was aimed to retrace, taking as departing point the trajectories of teenagers enrolled at the basis of the social stratum of crime, from the well organized and disciplinary drug traffic, to the isolated and violent robbery, the logic connected to the maintenance and reproduction of the urban crime market, the renewed roles performed in the web of the illegalities, announcing, at last, changes in the division of the Police work which tend to increase  militarization as the organizing principle not just of the management of these illegalisms, but also of the more contemporary ways of governmentality.

Resume: 

L’objet de cette étude se situe dans le champ de l’interpénétration des pratiques illicites et de leur répression, dans la ville de São Paulo, à partir des années 1930, en s’appuyant sur la catégorie analytique d’Ilegalisme et de ses différents modes de gestion. On s’est posé la question de la manière dont les pratiques de contrôle social anciennes et perpétuées au cours du temps – marquées par l’arbitraire policier et le non respect sélectif de la loi, par exemple les détentions correctionnelles,- ont été conjuguées aux pratiques criminelles urbaines, la prostitution principalement jusqu’au milieu des années 60, en même temps qu’elles eurent un rôle dans leur déclin. Les détentions correctionnelles, en tant que mode d’intervention des forces de police dans les affaires criminelles, associées à des normes abusives de violence institutionnelle, se sont montrées cruciales dans l’émergence de la délinquance urbaine dans les années 70, comme phénomène lié à la criminalité contre la proprieté (le vol), de masse, diffuse, de rue. Dans les années 90, la consolidation d’une nouvelle économie criminelle urbaine: le commerce de détail de drogues illicites, accompagné d’une intense diffusion de la criminalité éparpillé et contre la proprieté dans les prisons, a contribué à l’apparition d’un phénomène appelé dans ce travail articulation de criminalité, dans laquelle la gestion des ilegalismes, dans une version renouvelée, a un rôle fondamental. Finalement cette étude, afin de montrer la dynamique plus actuelle de la gestion du crime dans la ville, a analysé des données statistiques sur les incarcérations pour flagrant délit, dans la préoccupation d’établir une sorte de carte du crime urbain et de sa gestion. Toujours dans la même perspective, on a cherché à recomposer, à partir des trajectoires des adolescents impliqués dans la base de stratification du crime - depuis le trafic de drogue, articulé et discipliné, jusqu’au vol avec violence et au détail - les logiques à l’oeuvre dans l’administration et la reproduction des marchés criminels urbains, le renouvellement des rôles dans la trame des illegalismes, en montrant au bout du compte, les changements dans la division du travail de la police qui tendent à accentuer la militarisation comme principe organisateur non seulement de la gestion des ilegalismes mais aussi des formes contemporaines de gouvernamentalité.

A economia do poder e o poder da economia

Subtítulo: 
Neoliberalismo e governamentalidade em Foucault
Autor(a): 
Eduardo Altheman Camargo Santos
Área: 
Sociologia
Ano: 
2013
Resumo / Abstract / Acta / Resumé / Riassunto
Resumo: 

 

Esta dissertação pretende compreender a analítica proposta pelo filósofo francês Michel Foucault no curso realizado no Collège de France intitulado Nascimento da Biopolítica (1978-79) a respeito da arte de governar neoliberal. Buscamos apreender a relação entre a análise do neoliberalismo e outros momentos e conceitos da produção bibliográfica foucaultiana, tais como as noções de “biopolítica”, de “governamentalidade” e de “poder disciplinar”. Para tal, realizamos uma incursão em diversas obras do filósofo, como As palavras e as coisas (1966), Vigiar e Punir (1975), História da Sexualidade I – A vontade de saber (1976), além dos cursos Em defesa da sociedade (1975-1976) e Segurança, Território, População (1977-78). Por fim, o texto também se propõe a realizar contribuições ao estudo do neoliberalismo como um todo, explicitando as veredas abertas pela teoria de Foucault e apontando para além de um exercício de exegese teórica da experiência filosófica foucaultiana. 

 

 

 

Abstract: 

 

This dissertation aims to comprehend the analytics carried out by the French philosopher Michel Foucault in his lectures at the Collège de France entitled The Birth of Biopolitics (1978-79) regarding the neoliberal art of government. We seek to apprehend the relation between the analyses of Neoliberalism and other moments and concepts of the foucauldian bibliographical production, such as the notions of “biopolitics”, “governmentality” and “disciplinary power”. In order to accomplish such task, we approach several works written by Foucault, such as The order of things (1966), Discipline and punish (1975), The History of sexuality volume 1 – The will to knowledge (1976), as well as the lectures Society must be defended (1975-76) and Security, Territory, Population (1977-78). To conclude, this text also contributes to the study of Neoliberalism as a whole, emphasizing the paths opened by Foucault’s theory and pointing beyond an exercise of theoretical exegesis of the foucauldian philosophical experience. 

 

 

 

A “localização” institucional da Igreja Messiânica Mundial

Subtítulo: 
Uma abordagem a partir da teoria da mundialização
Autor(a): 
Geórgia Branquinho de Oliveira Raffo
Área: 
LLCJ - Janonês
Ano: 
2012
Resumo / Abstract / Acta / Resumé / Riassunto
Resumo: 

Esta dissertação aborda a temática da religião no contexto da globalização analisando-se o processo de implantação e localização de dois sistemas de difusão da Igreja Messiânica Mundial no Brasil, pois a revisão da literatura acerca da IMM mostra que, nos estudos publicados em língua portuguesa, existe uma lacuna no que diz respeito à análise do seu desenvolvimento no contexto da globalização/mundialização. A abordagem será feita com base na teoria da mundialização, por meio de pesquisas bibliográficas, documentais, entrevistas e observação participante. As perguntas que conduzem o desenvolvimento da pesquisa são: 1) a mundialização remodelou a “situação” na qual a particularidade chamada Igreja Messiânica Mundial (IMM) se encontrava?; 2) Se sim, que forma tomou esta remodelação?; 3) A partir da perspectiva de que o mundo se globalizou e de que existem conteúdos que se desprendem de seus locais e tradições de origem, para se reassentarem, ou melhor, se reterritorializarem no local chamado mundo, é possível afirmar que a Igreja Messiânica Mundial, de fato, é mundializada? Concluiu-se que a mundialização remodelou a Igreja Messiânica Mundial do Brasil, obrigando-a a desenvolver e implantar um novo sistema de difusão que estivesse mais adequado à realidade do mundo globalizado. Constatou-se, porém, que, enquanto instituição, a IMM ainda não concluiu seu processo de mundialização, mas caminha em direção a ele. 

Abstract: 

The present dissertation will approach the religion theme in the context of globalization by studying the implantation and localization processes of two dissemination systems applied by the Church of World Messianity as a reexamination of texts regarding the CWM indicates that in studies published in Portuguese, there is a gap concerning the analysis of its development in the globalization/mundialization context. The approach will be based on the mundialization theory through bibliographic and document research, interviews and participating observation. The questions that lead the research development are: 1) has mundialization remodelled the “situation” in which the Church of World Messianity (CWM) was placed?; 2) If it has, which shape has remodelling taken?; 3) From the perspective that the world has become globalized and that there are contents that detach themselves from their places and original tradition in order to resettle themselves, that is, to reterritorialize themselves in a place called world, is it possible to state that the Church of World Messianity has, indeed, become mondialized? The conclusion is that mundialization has remodeled the Church of World Messianity of Brazil and made it develop and establish a new system of dissemination that would be more adequate to the globalized world reality. Nevertheless, it had been seen that as long as an institution the CWM has not finished its mundialization process yet, however it is directing itself to that direction. 

Divulgar conteúdo